O INSTITUTO
CONHEÇA UM POUCO MAIS
SOBRE O ICAD
CIRURGIAS
TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE OS
PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS
ONDE ATUAMOS
LOCAIS DE ATUAÇÃO EM GOIÂNIA -GO COM MAPAS ATUALIZADOS...
DOENÇAS
DOENÇAS DO APARELHO DIGESTIVO E OBESIDADE
 
| HOME    | CONVÊNIOS    | EXAMES    | NOVIDADES    | ICAD INDICA    | CONTATO    | DÚVIDAS E RESPOSTAS
 
     
Cirurgias
 
 

Cirurgia da Obesidade

Tratamento Cirúrgico da Obesidade

Em decorrência de todas as modalidades de tratamento clínico da obesidade serem via de regra ineficazes para o subgrupo de pacientes com obesidade mórbida, este deve ser considerado para tratamento cirúrgico. Apesar de sua natureza invasiva, a cirurgia bariátrica tem demonstrado taxa de sucesso consistente (perda > 50% no excesso de peso) em conseguir e manter a redução de peso a longo prazo. O tratamento cirúrgico não é um procedimento cosmético e não envolve a remoção cirúrgica de tecido adiposo.

Os princípios da cirurgia bariátrica envolvem a redução do tamanho do reservatório gástrico associado ou não a procedimento de indução de má-absorção. Como resultado do tratamento cirúrgico, o hábito alimentar do paciente melhora, reduzindo a ingestão crônica, assegurando que o paciente vai comer em pequena quantidade e mastigando bem cada porção de alimento.

Os critérios para indicação cirúrgica da obesidade foram definidos pelo Painel da Conferência de Desenvolvimento de Consenso do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos em 1991 e incluem os pacientes com um IMC > 40, pacientes com IMC > 35 que apresentem co-morbidade como: artropatia mecânica; diabetes tipo I; hipertensão; hiperlipidemia; doença coronariana; obstrução venosa ou linfática de membros inferiores; apneia do sono e hipertensão pulmonar da obesidade, além de uma falha no tentativa de tratamento clínico por pelo menos 2 anos.

Operações abdominais prévias ou procedimentos bariátricos prévios não são considerados contra-indicações cirúrgicas. São contra-indicações absolutas para tratamento cirúrgico a dependência química, falta de colaboração por parte do paciente e algumas doenças psiquiátricas (esquizofrenia, desordens psiquiátricas limítrofes e depressão não controlada). Pacientes com síndrome de obesidade terminal (diabetes grave + hipertensão não controlada + hiperlipidemia) devido a sua delicada condição de saúde devem ser submetidos a um tratamento pré-operatório, de modo a diminuir o risco cirúrgico.

A abordagem do paciente deve ser realizada por equipe multidisciplinar envolvendo endocrinologista, nutricionista, psicólogo ou psiquiatra e cirurgião, todos com experiência e interesse no tratamento da obesidade. A abordagem inicial deve envolver programa de educação com aconselhamento sobre dieta, mudança de hábitos alimentares, estilo de vida e programa de exercícios, pois a perda de 10% do peso no pré operatório, reduz muito as complicações peri-operatórias; além de prever acompanhamento de longo prazo, mais intenso nos primeiros meses e anos de pós-operatório.

Atualmente Três estratégias básicas têm sido empregadas para se definir procedimentos cirúrgicos que possam levar a perda duradoura de peso:

- Operações de restrição gástrica
- Gastroplastia Vertical (fig.1)
- Sleeve gástrico (fig.2)

 

 
Figura 1
 
Figura 2
 


- Operações que combinam a restrição gástrica com má-absorção.

- By-pass Gástrico associado a Y de Roux (Cirurgia de Fobi/Capella)

- Operações que combinam má-absorção e restrição gástrica.

- Derivação Biliopancreatica com Gastrectomia parcial (Scopinaro)

- Switch Duodenal

   


O By-pass Gástrico em Y de Roux (Capella) é o procedimento mais realizado nos Estados Unidos e América Latina, sendo também a nossa preferida, pelos baixos índices de complicações nutricionais, ótima aceitação social e manutenção da perda de peso a longo prazo (quando bem acompanhado).


 



 
     
| Home
| O Instituto
| Locais de Atuação
| Política de Privacidade
| Contato
| Cirurgia da Obesidade
| Doenças
| Convênios
| Exames
| Novidades
| ICAD Indica
Cadastre-se e receba nossos Informatívos
   
62. 3089-9121 / 3089-9123
+ Formas de contato
Copyright © 2011 Instituto de Cirurgia do Aparelho Digestivo e Obesidade. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Alguns Internet Studio